Ciência Aberta

Ciência Aberta

Ciência Aberta

O que os investigadores do CECS precisam de saber


A Ciência Aberta tem como objetivo a partilha do conhecimento no seio da comunidade científica, da sociedade e das empresas. Desta forma, procura ampliar o reconhecimento e o impacto económico e social da ciência.

Um os pilares da Ciência Aberta é o Acesso Aberto.


O que diz a política de Acesso Aberto da FCT sobre publicações?

– Obriga a depósito em acesso aberto em repositórios da rede RCAAP: no caso do CECS, o depósito é feito no RepositóriUM e é exigida referência ao CECS na afiliação

– Permite períodos de embargo, em função da publicação

– Obriga a referência ao financiamento da FCT

– Exige depósito da versão final – versão publicada do editor, quando permitido, ou versão final do autor aceite para publicação. Para verificar a versão a depositar, pode usar a ferramenta Sherpa Romeo, mas deve ser sempre confirmar a informação no website da editora e/ou verificar os termos acordados com a mesma.


Qual é o texto que devo usar para fazer referência ao Financiamento?

A referência ao financiamento plurianual do CECS é obrigatória sempre, para todas as publicações dos investigadores do centro.

Quando há apoio financeiro, deve ser colocado o texto seguinte:

Este trabalho é financiado por fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto UIDB/00736/2020.

Quando não há apoio financeiro, deve ser colocado texto seguinte:

Este trabalho é apoiado por fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito projeto UIDB/00736/2020.

Quando o trabalho é também financiado por outros projetos ou outras entidades, as referências ao financiamento devem acumular-se, devendo o investigador selecionar um dos textos propostos anteriormente em função da existência ou não de apoio financeiro


Como posso apostar no acesso aberto?

– escolhendo uma publicação que é automaticamente disponibilizada em acesso aberto pelo editor

– depositando a versão final da publicação num repositório em acesso aberto

Mesmo que a publicação esteja em acesso aberto, o artigo tem que ser depositado, para cumprir os requisitos dos financiadores.


Que vantagens traz este depósito para os investigadores?

– cumprimento dos requisitos de financiamento

– cumprimento dos requisitos da Universidade do Minho

– maior visibilidade e potencialmente maior impacto

– conhecimento das estatísticas de uso

– preservação digital da sua produção

– obtenção de listas de produção

– fácil integração da informação no Ciência Vitae e no ORCID

É obrigatória a referência ao CECS na afiliação. Sem isto não será permitido o depósito no RepositóriUM.


Por que devo apostar no depósito dos meus dados em acesso aberto?

Um grande número de entidades financiadoras tem vindo a emitir recomendações sobre a disponibilização de dados.


Que vantagens traz para os investigadores do CECS?

– cumprimento de requisitos dos financiadores

– maior visibilidade e impacto da investigação

– possibilidade de financiamento e apoio

– possibilidade de novas colaborações

– maior transparência

– possibilidade de debate

– potencial reutilização dos dados

– citação dos dados criados

– preservação dos dados


Que vantagens traz para o CECS?

– maior visibilidade do trabalho dos seus investigadores

– maior transparência

– alinhamento com as recomendações da FCT

– alinhamento com as boas práticas internacionais


O que diz a política de Acesso Aberto a dados da FCT?

– encoraja os investigadores a disponibilizarem os dados resultantes dos projetos de I&D em bases de dados de Acesso Aberto

– encoraja a inclusão de um plano de gestão de dados e outros resultados de investigação nas candidaturas a financiamento


Onde posso disponibilizar os meus dados em acesso aberto?

Para a disponibilização dos dados pode utilizar o Data RepositóriUM.


O que é o Data RepositóriUM e para o que serve?

O Data RepositóriUM é o repositório de dados da Universidade do Minho.

Trata-se de um serviço que procura partilhar, publicar e gerir dados de investigação.

Tem como missão:

– depositar ficheiros de forma organizada em colecções

– preservar esses ficheiros

– facilitar a disponibilização de dados

– associar licenças de reúso

– facilitar a disseminação dos resultados de investigação