Doutorada em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Minho, em 2016, é atualmente Fellow na United Nations University Operating Unit on Policy-Driven Electronic Governance (UNU-EGOV).

Dedica-se à área das Políticas da Comunicação, Electronic Governance e Regulação (dos Media). Ao longo dos anos, envolveu-se em vários projetos de investigação do CECS, nomeadamente “A Regulação dos Media em Portugal: O Caso da ERC”, “Os 50 Anos do Telejornal” e “Imagens da Infância – Discursos Mediáticos sobre as Crianças em Risco”. É correspondente nacional e colabora com o Observatório Europeu do Audiovisual e com o Institute for Information Law (Universidade de Amesterdão), entidade associada do Observatório Europeu do Audiovisual (Conselho da Europa), através do desenvolvimento de estudos coletivos e da redação regular de artigos para a IRIS – Legal Observations of the European Audiovisual Observatory e para a base de dados Merlin.

Pertence aos Grupos de Trabalho (GT) “Jovens Investigadores” e “Economia e Políticas de Comunicação” da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (Sopcom), ao International Federation for Information Processing, Working Group 8.5 e à  Comunidade ICEGOV, através da qual integra a organização da International Conferences on Theory and Practice of Electronic Governance.

Foi docente convidada da Universidade Católica Portuguesa (UCP – Porto, Escola das Artes) entre 2013 e 2015.