Pedro Rodrigues Costa é doutorado em Ciências da Comunicação (Sociologia da Comunicação e Informação), pela Universidade do Minho, com a tese Entre o Ver e o Olhar: Ecos e Ressonâncias Ecrãnicas (2013). É mestre em Sociologia (especialização em Sociologia das Organizações e do Trabalho) e licenciado em Sociologia.

Entre as suas áreas de investigação constam as questões em torno da Cibercultura, Tecnologia e Estudos sobre redes sociais digitais. É investigador do CECS, onde integra o Grupo de Estudos Culturais e o Museu Virtual da Lusofonia.

Destacam-se, nas suas diversas competências de investigação, a análise de dados em SPSS e a análise de conteúdo em NVIVO. Na lista dos trabalhos de investigação mais recentes, constam os seguintes temas: A presença de arquétipos nos youtubers: modos e estratégias de influência (Costa, 2019); O medo do consumo solitário: comentários nos canais infantojuvenis de YouTube do Brasil e de Portugal (Costa & Capoano, 2020); Suicídio e redes sociais: aproximações em português no Facebook, no instagram e no YouTube (Costa & Araújo, 2020) e Dar “vistas” ao ecrã em rede: problemáticas, desafios e consequências da era digital (Costa, 2020).