Investigadora do projeto Exchange publica livro sobre Big Data na investigação criminal

Acaba de ser publicado o livro Big Data na investigação criminal: desafios e expectativas na União Europeia, da autoria de Laura Neiva, investigadora do CECS.

Este livro apresenta uma investigação sociológica sobre a potencial aplicabilidade do Big Data na segurança pública e policiamento transnacionais. Especificamente, visa a definição do Big Data, a explicitação dos seus processos de aplicação e a análise das expectativas sociais em torno destas técnicas, por parte de um conjunto de profissionais inseridos laboralmente na partilha transnacional de dados.

A partir das narrativas de Pontos de Contacto Nacionais em rede transnacional de cooperação policial e judiciária, geneticistas forenses e stakeholders de diferentes áreas (ética e regulação, investigação criminal, pesquisa universitária, empresas privadas e organizações não governamentais), Laura Neiva analisou as suas expectativas relativamente ao potencial do Big Data enquanto estratégia de investigação criminal. A autora almejou, desta forma, compreender as facetas sociais e culturais do Big Data; desmistificar os desafios europeus à aplicabilidade deste fenómeno no atual panorama da investigação criminal; e, por fim, promover um debate público acerca das questões da privacidade e dos grandes dados numa era marcadamente digital, em que as fronteiras dos direitos humanos são fluídas e a garantia da segurança pública é cada vez mais urgente. Este livro é uma janela que se abre para estas reflexões emergentes, contribuindo para fomentar o debate em redor de um tema complexo e de natureza imprecisa numa Europa crescentemente digitalizada.

Laura Neiva é licenciada em Criminologia pela Faculdade de Direito da Universidade do Porto (2013) e tem Mestrado em Crime, Diferença e Desigualdade, pela Universidade do Minho (2019). Desde junho de 2018 desenvolve investigação no âmbito do projeto “EXCHANGE – Geneticistas forenses e a partilha transnacional de informação genética na União Europeia: relações entre ciência e controlo social, cidadania e democracia”, financiado pelo Conselho Europeu de Investigação (ERC) e liderado por Helena Machado.

A sua pesquisa tem como objetivo identificar os debates que emergem em torno do Big Data, enquanto potencial método que orienta e influencia decisões de política criminal.

A publicação, em parceria com o CECS, encontra-se disponível em acesso aberto, aqui.

[Publicado: 18-09-2020]