XIII Congresso da Lusocom sobre “Comunicação e informação para o desenvolvimento”

Decorre, nos próximos dias 28, 29 e 30 de novembro, o XIII Congresso da Lusocom, em Maputo. Mais de 20 investigadores do CECS estarão presentes com trabalhos de diversas áreas de investigação, subordinados à temática geral do congresso: “Comunicação e informação para o desenvolvimento”.

É objetivo deste evento científico identificar campos de interesse comuns, sublinhar singularidades e idiossincrasias e explorar eficazmente caminhos de cooperação e de intercâmbio, sempre com a preocupação de promover o rigor e a qualidade. A comunicação e a informação são, historicamente, instrumentos impulsionadores de mudanças, da busca da paz e de desenvolvimento das sociedades. Com o avanço das tecnologias, a comunicação digital traz elementos importantes para o desenvolvimento humano, daí que hoje o ser humano busca e inventa todas as formas que ampliam a sua capacidade de, com qualidade, se fazer ouvir, assim como ouvir outros seus semelhantes e com eles partilhar o seu ser e saber.

Logo no primeiro dia de congresso, o CECS terá dois espaços de intervenção: o visionamento do documentário “No trilho de Malangatana” (de Lurdes Macedo) seguido de debate e a apresentação do livro de atas do XII Congresso da Lusocom.

Os investigadores do CECS apresentarão trabalhos nos painéis: “Serviço público e Lusofonia”, “Lusofonia, diáspora e movimentos migratórios”, “Cidadania e desenvolvimento cultural”, “Desafios, mercado e audiências”, “Literacia e educomunicação: práticas e políticas no espaço lusófono”, “Média e diálogo intercultural”, “Informação em rede e desenvolvimento”, “Memória, culturas e identidades”, “Turismo e cultura”, “Imagem e cultura”, “Comunicação e instituições”, “Oportunidades, ameaças e desafios no jornalismo”, “Média e cultura”, “Redes e narrativas digitais”, “Acesso a informação, sociedade em rede e políticas de comunicação” e “Publicidade comercial e cultura”.

Mais informações aqui.

[Texto publicado a 26-11-2018]