Aula aberta: “Georgian Media Landscape – from Soviet to Polarized Media Model”

Terá lugar, no próximo dia 29 de fevereiro, pelas 17h30, na sala 0.07 do Complexo Pedagógico 3 (Gualtar), a aula aberta “Georgian Media Landscape – from Soviet to Polarized Media Model”, com Tamar Kintsurashvili.

A oradora convidada apresentará uma análise geral do panorama dos meios de comunicação social da Geórgia desde a queda da União Soviética, quando o país conquistou a independência e os meios de comunicação social estatais foram transformados em meios de comunicação social privados, bem como questões atuais específicas do modelo polarizado dos meios de comunicação social e da forma como os interesses políticos concorrentes estão a moldar as políticas editoriais dos meios de comunicação social. A sessão abordará também os desafios específicos de um novo ecossistema mediático caracterizado por interferências externas e comportamentos inautênticos coordenados.

Tamar Kintsurashvili é fundadora e directora executiva da Media Development Foundation (MDF) e editora-chefe do portal em linha Myth Detetor. Tamar lidera programas de literacia mediática para jovens e professores. É membro da Rede de Peritos em Literacia dos Media e da Informação da Deutsche Welle Akademie (MILEN) e do comité de nomeação da Aliança MIL da UNESCO.
Tamar é autora e coautora de muitos trabalhos de investigação e publicações sobre a guerra de informação russa na Ucrânia, a mobilização anti-género e anti-LGBTQI na Geórgia, a infodemia, a propaganda anti-ocidental, etc.
Tamar é professora associada na Universidade Estatal de Ilia. Ensina métodos de investigação sobre propaganda, literacia mediática e autorregulação e ética dos meios de comunicação social. Obteve um mestrado em estudos políticos na Universidade de Edimburgo e um mestrado em jornalismo na Universidade Estatal de Tbilisi.

[Publicado: 23-02-2024]