Arquivo

Revistas

A Revista Lusófona de Estudos Culturais / Lusophone Journal of Cultural Studies (e-ISSN: 2183-0886 | ISSN: 2184-0458) é uma revista temática da área dos Estudos Culturais. Publicada desde 2013 no sistema OJS, esta revista tem um rigoroso sistema de arbitragem científica e é publicada em português e em inglês duas vezes por ano. De 2013 a 2016, foi publicada pela Universidade do Minho e Aveiro, em conjugação com o Programa Doutoral em Estudos Culturais. Em 2017, passou a ser publicada, exclusivamente, pelo Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho. O conselho editorial da Revista Lusófona de Estudos Culturais / Lusophone Journal of Cultural Studies integra reputados especialistas dos Estudos Culturais, de diversos pontos do mundo.

Visualizar publicação

BD Maravilha. Redefinindo o Género nas Narrativas Gráficas Ibero-Americanas

Nicoletta Mandolini, Cristina Álvares & María Márquez López

2023 | CECS

ISSN:e-ISSN 2183-0886 | ISSN 2184-0458

“Este número temático representa um espaço de visibilidade e legitimação crítica da banda desenhada e dos romances gráficos feministas e queer ibero-americanos. É também um fórum para aprofundar a discussão sobre os pontos fortes e as limitações que as caracterizam, quer no que respeita a abordagem da complexidade das teorizações de género, quer no seu acesso à difusão local e transnacional. Não é por coincidência que esse é o objetivo do grupo de trabalho Autoras, Investigadoras y Editoras de Cómic convocado pelas editoras deste número especial, María Márquez López e Nicoletta Mandolini, no âmbito do projeto iCOn-MICs da Cost Action. O trabalho realizado para esta publicação é, por isso, um dos resultados do projeto iCOn-MICs. Além disso, a inclusão deste número especial no trabalho editorial da Revista Lusófona de Estudos Culturais deu a oportunidade de aprofundar o conhecimento sobre as produções gráfico-narrativas mais negligenciadas pela crítica ibero-americana: aquelas que provêm do espaço cultural lusófono. A seleção de artigos e recensões que este número temático propõe reflete essas escolhas”.